A nova métrica de Recrutamento e Seleção na fase lua de mel

Quando falamos em Recrutamento e Seleção, encontramos uma fase muito importante do negócio e isso deve ser pensado. Porque, existirá sempre uma renovação e necessidade de inovação, devido a rotatividade do pessoal.

O que algumas empresas não se dão conta é de observar o comportamento dos funcionários que lá estão. Então, o Recrutamento e Seleção acaba sendo uma peça muito importante desse quebra-cabeça.

A chave estará em observar esses comportamentos e comparar com os dos novos funcionários. Aí teremos uma situação muito interessante e que nos fará enxergar novas coisas.

Conheça a nova métrica de Recrutamento e Seleção na fase lua de mel

métrica de recrutamento e seleção

O que é a métrica de Recrutamento e Seleção na fase lua de mel

Hoje nós vamos inverter todo o processo, vamos mostrar o resultado final e na sequência como chegamos até ele. Já que estamos falando da nova métrica de Recrutamento e Seleção, então vamos abordar tudo isso de uma maneira nova.

A realidade é que nós temos sempre duas situações, em que a primeira é dos funcionários que já acabaram de entrar, e a segunda é daqueles que já fazem parte da organização há algum tempo, de qualquer maneira precisamos observar o comportamento.

Eu posso te assegurar que em quase todos os casos, teremos um comportamento bem diferente entre eles. Os que acabaram de entrar estarão na fase de lua de mel e os que já estão, estarão com inúmeros vícios.

Portanto, quanto mais tempo alguém tem de empresa, a maioria se acomoda e fica cheio de vícios. Atitudes simples como ir trabalhar próximo a um feriado ou mesmo com um leve resfriado, já não são mais vistas.

Entretanto, em segundo lugar podemos ver que aqueles que acabaram de entrar, estão com mais amor. Principalmente porque precisam provar o seu valor, isso acabará nos trazendo um importante benefício.

Sabemos que é possível conseguir pegar os macetes do serviço e isso é conseguido com o tempo. Porém, conseguir voltar a ter sentimento de começo, é algo mais complicado e isso precisa ser considerado.

Por tudo isso, é que chegamos na conclusão que a fase do Recrutamento e Seleção no primeiro ano, é sempre a lua de mel. Tanto do funcionário para com a empresa e também o oposto, o que é bom.

Esse panorama nos traz uma reflexão e uma conclusão, que o rendimento do funcionário normalmente é bom no primeiro ano. Isso acaba sempre por valorizar ainda mais a visão de contratações novas. Porém, devemos sempre observar os comportamentos, porque nem sempre será assim.

Como chegamos nessa conclusão?

Analisando o Recrutamento e Seleção a gente chegou em alguns resultados:

  • Entrevistas claras – durante todo o processo, é sempre muito interessante que consiga passar um panorama do trabalho. Por exemplo: é necessário saber trabalhar sob pressão, ter responsabilidade em cima de projetos e colaborar com o time para se entregar tarefas no prazo. Isso acabará por já eliminar aqueles que não se encaixam na vaga.
  • A participação do gerente – Um bom gerente funciona como um técnico de futebol, ele precisa escolher quem jogará no seu time. Então, quanto mais o gerente participar, melhor será os resultados, o que será sempre muito bom.
  • A participação da equipe – Uma boa equipe sempre poderá participar da entrevista e isso é importante. Principalmente os seus líderes, que podem ser classificados como os capitães do time. Eles também podem ter uma participação muito importante e no fim, isso será sempre o principal.

E qual será o futuro da Recrutamento e Seleção?

O futuro do Recrutamento e Seleção será apostar cada vez mais em dados analíticos, onde poderemos medir não só o conhecimento técnico do profissional, assim como sua carteira de habilidades e seu DNA. Através desses dados, poderemos criar um radar profissional desse candidato e compará-lo com o radar profissional do setor que você estiver contratando. Profissionais que apresentarem uma grande diferença de pontuação do radar, provavelmente terão dificuldades já na lua de mel.

Portanto, o foco maior do Recrutamento e Seleção será em conseguir colaboradores que vivam em lua de mel, o que acabará fazendo muita diferença sempre.

Deixe uma resposta